quarta-feira, 17 de outubro de 2012

NOVELA NÃO PODE SER LAZER PARA O CRISTÃO QUE PRETENDE SER PIEDOSO E SANTO!


NOVELA NÃO PODE SER LAZER

Pastor prega a boa administração e critica quem assiste Av Brasil

Por: Redação Creio

Nesta sexta-feira termina a novela Avenida Brasil, considerado por especialistas um marco na teledramaturgia brasileira. A novela arrebatou as massas, inclusive a nova classe média brasileira. Engano dizer que a audiência (com picos segundo institutos de pesquisas) é de apenas não evangélicos. Muitos gostam e citam em suas rodas de conversas nas igrejas as maldades de Carminha e Tufão. Mas a questão é: Crente pode assistir telenovelas?
O pastor Valtair Afonso Miranda, da Primeira Igreja Batista de Neves, em São Gonçalo ( SP) em entrevista a extinta revista Enfoque cita Efésias 5. 15 e 16 para defender seu pensamento. “Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, remindo o tempo; porquanto os dias são maus”.

 Valtair, que também é professor do Seminário Teológico Batista do Sul e autor dos livros O Que é Escatologia e O Evangelho Perdido de Judas (MK Editora), condena as novelas como alternativa de lazer. Ele argumenta que as histórias ali desenroladas tentam moldar o comportamento das mulheres, tirando delas princípios cristãos, como o respeito ao casamento e o cuidado com os filhos. “As novelas insistem tanto na idéia de que a mulher pode trocar de parceiro, que as esposas estão passando a desvalorizar o casamento. Os filhos não têm mais o mesmo zelo; a telenovela já induz a menina a dormir com o namorado”,comenta.

Em avenida Brasil por exemplo uma personagem evangélica foi incluída. Com estereótipo questionável, a atriz Paula Burlamarque viveu uma ex-atriz de filme pornô que se converteu. O final mostrou que a ‘tal’ evangélica não aguentou as tentações da carne se entregou ao ‘velho homem’.

O pastor prega a boa administração do tempo e é categórico nesse aspecto: “Se eu passo minhas noites vendo novela, então 30% do meu tempo útil é dedicado à TV. É por isso que muitas mulheres reclamam não ter tempo para atividades produtivas, como um curso profissional, por exemplo”.

Vote na enquete: Crente pode assistir novela?

Fonte: http://www.creio.com.br/2008/noticias01.asp?noticia=20127


Divulgação:

Nenhum comentário:

Postar um comentário